Começa Semana da Advocacia 2018 homenageando os 30 anos da Constituição

Profissionais da advocacia e estudantes de Direito se reuniram na noite desta terça-feira (21) no Fórum Sobral Pinto para iniciar as atividades da Semana da Advocacia, realizada até a próxima quinta-feira (23). Durante o evento, o destaque é a Constituição Federal, que em 2018 completa 30 anos, sendo a lei máxima que limita poderes e define os direitos e deveres dos cidadãos e é com base nela que a advocacia atua na defesa da democracia.

O evento, promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Roraima (OAB/RR), faz parte das comemorações alusivas ao Dia do Advocacia, dia 11 de agosto. Durante a abertura, o evento contou com a palestra do presidente da OAB do Rio de Janeiro, Felipe Santa Cruz.

Presidente da OAB/RR, Rodolpho Morais, ao abrir a Semana da Advocacia 2018

O presidente da OAB/RR, Rodolpho Morais, destacou o protagonismo da advocacia na defesa da democracia e frisou que 30 anos depois do nascimento da Constituição Federal, o país vive a maior crise politica, ética e moral. “A aprovação da carta magna foi um marco histórico para o Brasil e seu encontro com a democracia, no entanto, exatos 30 anos depois, o país presencia a todo instante forças antagônicas à Ordem, tentando fragilizar as instituições e desestabilizar os princípios fundamentais da democracia”.

Morais ressaltou que, por isso, o povo brasileiro continua com a mesma luta para mudar a nação. “Neste momento a OAB continua aguerrida no papel de defender o fortalecimento das instituições”, frisou.

O diretor tesoureiro do Conselho Federal da OAB, Antonio Oneildo Ferreira, destacou que a advocacia é a classe indispensável para administração da Justiça e que apesar dos desafios, a categoria tem o que comemorar.

Diretor tesoureiro do CFOAB, Antonio Oneildo Ferreira, ressaltou os avanços da advocacia em seu discurso de abertura da Semana

“É importante nós, nesse momento, percebermos que temos avanços em âmbito local e nacional e também as adversidades no exercício profissional. Temos enorme dificuldades nesse diálogo institucional com os demais poderes, especialmente com o Judiciário. Mas que a percepção desses desafios e dessas dificuldades não significa transigir com eles. O objetivo é refletir coletivamente nossas necessidades, para fortalecer a atuação da entidade na defesa da democracia e com isso o fortalecimento da advocacia. Defender sociedade e defender a cidadania”, afirmou

PROGRAMAÇÃO – A programação segue até o próximo dia 23, sempre a partir das 18h30.

Para o segundo dia do evento, haverá um painel que vai tratar sobre a ‘Mulher na política’. A conselheira federal do estado de Goiás, Valentina Jungman, abordará o tema, tratando especificamente da participação da mulher na política de Ordem. Já a juíza eleitoral, Rozane Ignácio, falará sobre a presença das mulheres nas campanhas eleitorais.

Para fechar a segunda noite, Valdetário Monteiro, representante da advocacia no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) vai palestrar sobre ‘CNJ e as prerrogativas da advocacia’.

O último dia da Semana da Advocacia terá uma roda de conversa com o tema ‘Jovem Advocacia: estratégias e consolidação na carreira’, com a participação dos membros da comissão da OAB. O presidente da comissão, Angelo Peccini, vai coordenar a conversa entre Cíntia Schulze, Marcela Moleta e Luan Camêlo.

O encerramento do encontro ficará por conta do diretor tesoureiro da OAB Nacional, Antonio Oneildo Ferreira, que vai apresentar uma palestra com o tema “A Constituição Balzaquiana”.

A Semana da Advocacia é uma realização da OAB, por meio da Escola Superior da Advocacia (ESA), em parceria com a Caixa de Assistência dos Advogados de Roraima (Caarr) e as comissões da Mulher Advogada e Jovem Advocacia.