OAB discute eventos para advocacia iniciante a partir do mês de maio

A Comissão de Apoio ao Advogado Iniciante da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Roraima (OAB/RR), deu início às discussões para a realização de eventos voltados para os novos profissionais inscritos na OAB. Conforme o presidente da Comissão, Illo Augusto dos Santos Filho, os eventos serão voltados para iniciação a Advocacia e devem fazer parte do calendário da Seccional com apoio da Escola Superior da advocacia (ESA-OAB/RR).

“Vamos levar a proposta para debate junto a Diretoria do Conselho. O objetivo da Comissão com estes eventos é discutir temas importantes que fazem parte do universo dos profissionais da Advocacia, especialmente, dos que estão iniciando suas carreiras. Queremos colaborar para ampliar os conhecimentos destes profissionais no tocante aos desafios que eles terão que enfrentar em vários aspectos”, afirmou.

A iniciativa e as propostas para a realização dos eventos é um dos temas debatidos nas reuniões da Comissão e tem angariado apoio das demais que compõem a gestão. Os presidentes da Comissão de Prerrogativas, Vinícius Guareschi; da Comissão de Tecnologia da Informação, Ronildo Raulino; de Prática Forense, Marcelo Freitas; Membro da Comissão de Direitos Humanos e a diretora da ESA, Caroline Coelho Catanneo participaram da última reunião, ocorrida no dia 8 de abril, e incentivaram a ideia.

“Nesta reunião tivemos a participação de aproximadamente 30 novos profissionais e percebemos que eles tinham muitas dúvidas. Estes eventos serão importantes neste sentido, esclarecer dúvidas e fortalecer ainda mais os laços e enfatizar que a OAB está sempre de portas abertas para os novos inscritos”, declarou Illo Augusto.

A notícia foi recebida com entusiasmo pelo presidente da OAB/RR, Ednaldo Vidal, considerando que os cursos de iniciação a Advocacia podem ser ministrados pelos advogados e advogadas inscritos na Seccional com larga experiência e que podem colaborar com a carreira dos novos colegas.

“Apoiar estes eventos é colaborar para o fortalecimento da Advocacia em Roraima e no Brasil. É de suma importância debater temas importantes para a realidade e o crescimento desses profissionais. A Ordem está voltada para qualificação e cuidado com a Advocacia iniciante no sentido de que ela se fortaleça institucionalmente”, afirmou.