OABRR continua com mobilização da campanha nacional em torno do Mero Aborrecimento tem Valor

Como parte da programação da mobilização nacional ‘Mero Aborrecimento Tem Valor’, o presidente da OABRR (Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Roraima), Rodolpho Morais, esteve reunido com a presidente do Tribunal de Justiça de Roraima, desembargadora Elaine Bianchi, nesta terça-feira (11).

A visita contou com a participação do presidente da Comissão de Defesa do Consumidor, Ronnie Brito, e da Jovem Advocacia, Rodrigo Alves. A mobilização iniciou na semana passada e a OABRR tem conversado com a população e com membros do Judiciário para mostrar a importância de se entender que dano ou prejuízo não pode ser considerado um mero aborrecimento.

Ronnie Brito explicou a finalidade da mobilização e entregou a ela um documento com informações sobre a campanha. Contou ainda que, neste momento de reflexão, o Judiciário pode colaborar com decisões mais justas àqueles que realmente foram prejudicados devido a má prestação de serviço ou na ausência de qualidade de um produto.

Para a presidente do TJRR, Elaine Bianchi, é importante também que os advogados expressem nas petições os reais prejuízos que os consumidores tiveram como consequência. “É muito difícil julgar a dor, o sofrimento alheio”, disse ela durante o encontro.

Conversas como essa – destacou a presidente, são importantes para reforçar a parceria do Judiciário com a advocacia. “Sempre positiva. A advocacia integra o sistema da Justiça, parceira do Judiciário, através das demandas que a advocacia traz que também temos também um sentido de existência. Então, a vinda da OAB é sempre muito bem recebida”, complementou Elaine.

O presidente da OABRR, Rodolpho Morais, atento ao diálogo, agradeceu pela recepção que tem vistas a fortalecer o diálogo entre as instituições. “Essa campanha vem justamente trazer o que nós viemos trazer hoje, fomentar uma reflexão sobre o tema e construir essa aproximação e o diálogo para valorização e compreensão dos julgados pelo poder judiciário”, afirmou.